top of page
  • Foto do escritoremvolpi9

Visualizando o verdadeiro tamanho dos países e ilhas, do maior para o menor



A Groelândia é do tamanho de todo o continente africano?


Não ...


Mas olhando para um mapa na projeção de Mercator, você pensaria que sim.


O infográfico acima vem do estúdio de design Art.Lebedev e mostra o verdadeiro tamanho dos países e ilhas do mundo em ordem do maior para o menor, utilizando dados da NASA e do Google.


Confira a real forma e o tamanho de cada país sem distorções.


Distorcendo a realidade: os equívocos de Mercator


Os mapas podem enganar os seus olhos, mas ainda são ferramentas poderosas para fins específicos. Em 1569, o lendário cartógrafo Gerardus Mercator, criou um novo mapa baseado em uma projeção cilíndrica de seções da Terra. Esses tipos de mapas eram adequados para a navegação náutica, pois cada linha da esfera é um curso constante, ou uma loxodrômica


Apesar da utilidade náutica do mapa, a projeção de Mercator possui uma desvantagem indesejada. Esse tipo de mapa aumenta o tamanho das massas terrestres próximas ao polos (como na América do Norte, Europa ou Norte da Ásia) como um efeito colateral. Como resultado, o Canadá e a Rússia parecem ocupar aproximadamente 25% da superfície da Terra, quando na realidade esses países ocupam apenas 5%.


"As coisas nem sempre são o que parecem; a primeira aparência engana a muitos" - Fedro

Esta coleção de imagens acima representa os países e as ilhas do mundo em suas proporções corretas. As medidas são baseadas nos mapas do Google Maps 2016 e nos mapas do NASA Earth Observatory, com cálculos baseados no elipsoide de referência WGS84, ou mais simplesmente, em um modelo específico da forma da Terra em duas dimensões.


Tomamos por certo o Google Maps e as imagens de satélite. Fazer essas representações precisas não é uma tarefa fácil – os projetistas passaram por seis etapas e muitas iterações diferentes do infográfico.


Os países são organizados por tamanho decrescente e exibidos sem seus territórios externos ou dependentes. Por exemplo, a área total dos Estados Unidos contíguos mostrado não inclui o Havaí, o Alasca ou territórios no exterior.


As 10 maiores massas terrestres


Embora os mapas de Mercator distorçam o tamanho das massas terrestres no Hemisfério Norte, muitos desses países ainda cobrem enormes territórios.


Jurisdição

Área (Km2)

Rússia

16.440.626

Antártica

12.269.609

China

9.258.246

Canadá

8.908.366

Brasil

8.399.858

Estados Unidos (contíguo)

7.654.643

Austrália

7.602.329

Índia

3.103.770

Argentina

2.712.060

Cazaquistão

2.653.464

Os 10 maiores países por tamanho representam 55% do total de terras do planeta. O restante é dividido pelos cerca de 195 outros países do mundo.


As 10 menores massas terrestres


Aqui estão as 10 menores jurisdições destacadas no mapa:


Jurisdição

Área (Km2)

Principado de Sealand

0,001

Recife Kingman

0,002

Cidade do Vaticano

0,52

Atol de Kure

0,9

Ilha Tromelin

1

Atol Johnston

1

Ilha Baker

1

Ilha Howland

2

Principado de Mônaco

2

Atol de Palmyra

3

Embora a superfície terrestre tenha sido reivindicada por muitas autoridades, o impacto real da atividade humana é menor do que se poderia esperar.


Impacto Humano: humilhado pela natureza


As fronteiras políticas reivindicaram praticamente cada pedaço de terra disponível. Apesar disso, apenas 20% das terras do planeta foram visivelmente afetadas pela atividade humana, e apenas 15% da superfície terrestre está formalmente sob proteção.


Os 80% restantes de terra abrigam ecossistemas naturais que ajudam a purificar o ar e a água, reciclar nutrientes, melhorar a fertilidade do solo, polinizar plantas e decompor os resíduos. O valor de manter esses serviços para a economia humana vale trilhões de dólares americanos a cada ano.


Enquanto algumas nações não são tão grandes quanto parecem no mapa, cada pedaço de terra é importante.









521 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page