Os 27 principais mapas, gráficos e vídeos que explicam a Ucrânia e a invasão russa

Por Alex Buczkowski


As forças russas atacaram duramente a Ucrânia por ordem de Vladimir Putin, que anunciou uma “operação especial” na madrugada do último dia 24 de fevereiro. O que parecia indizível, há uma semana está acontecendo diante de nossos olhos. O presidente russo ordenou uma guerra no centro da Europa para garantir sua posição política, que já custou centenas de vidas de pessoas inocentes e o sofrimento de milhões de pessoas.


Para entender essa agressão indevida das forças russas, você precisa entender a Ucrânia. Esses mapas, gráficos e vídeos visam explicar o país e a verdadeira causa da ofensiva russa.



1. Fatos importantes sobre a Ucrânia



O estado da Ucrânia foi formado em 1991 após o colapso da União Soviética. Ele faz fronteira com a Moldávia, Romênia, Hungria, Eslováquia, Polônia, Bielorrússia, Rússia e o Mar Negro na Europa Oriental. Apesar de ter sido amplamente apontada no início dos anos 1990 para emergir como a mais bem-sucedida economicamente das antigas repúblicas soviéticas, a Ucrânia tem lutado para dar o salto qualitativo do império autoritário para a democracia europeia.


Fonte: Visual Capitalist



2. O tamanho da Ucrânia


Este é o segundo maior país europeu na área depois da Rússia, com 603.628 km2, ele se estende da Rússia, a leste, até a Polônia, a oeste, com o Mar Negro correndo ao longo de sua fronteira sul. Ele tem quase três vezes o tamanho do Reino Unido e supera a França, em 50.000 km2.



Fonte: TrueSize



3. Porcentagem da população da Ucrânia que indicou “russo” como sua única língua materna


A grande maioria das pessoas na Ucrânia fala ucraniano. O russo é a língua nativa de 29,6% da população da Ucrânia. O russo é a primeira língua mais comum nas regiões ucranianas de Donbas e da Crimeia, e a língua predominante nas grandes cidades nas regiões leste e sul do país.





4. O PIB da Ucrânia


A economia da Ucrânia é uma economia emergente de livre mercado. Ela cresceu rapidamente de 2000 a 2008, quando a Grande Recessão começou em todo o mundo e atingiu a Ucrânia como a crise financeira ucraniana de 2008-2009. A economia se recuperou em 2010 e continuou a melhorar até 2013. De 2014 a 2015, a economia ucraniana sofreu uma forte desaceleração, com o PIB em 2015 ligeiramente acima de metade do seu valor em 2013. Em 2016, a economia voltou a crescer. Em 2018, a economia ucraniana estava crescendo rapidamente e atingiu quase 80% de seu tamanho em 2008.




Esses gráficos não refletem realmente a contribuição da economia ucraniana para o mundo. Abaixo você encontrará alguns números que lhe darão uma sensação melhor sobre isso.


  • 1° na Europa em reservas comprovadas recuperáveis de minério de urânio;

  • 2° lugar na Europa e 10° no mundo em reservas de minério de titânio;

  • 2° lugar no mundo em reservas exploradas de minério de manganês (2,3 bilhões de toneladas, ou 12% das reservas mundiais);

  • 2ª maior reserva de minério de ferro do mundo (30 bilhões de toneladas);

  • 2° lugar na Europa em reservas de minério de mercúrio;

  • 3° lugar na Europa (13° no mundo) em reservas de gás de xisto (22 trilhões de metros cúbicos);

  • 4° no mundo pelo valor total dos recursos naturais;

  • 7° lugar no mundo em reservas de carvão (33.9 bilhões de toneladas)


A Ucrânia é um país agrícola:


  • 1° na Europa em área arável;

  • 3° lugar no mundo pela área de solo preto (25% do volume mundial);

  • 1° lugar no mundo nas exportações de girassol e óleo de girassol;

  • 2° lugar no mundo em produção de cevada e 4° lugar em exportação de cevada;

  • 3° maior produtor e 4° maior exportador de milho do mundo;

  • 4° maior produtor de batatas do mundo;

  • 5° maior produtor de centeio do mundo;

  • 5° lugar no mundo em produção de mel (75.000 toneladas);

  • 8° lugar no mundo em exportações de trigo;

  • 9° lugar no mundo na produção de ovos de galinha;

  • 16° lugar no mundo em exportações de queijo;

  • A Ucrânia pode atender às necessidades alimentares de 600 milhões de pessoas.


A Ucrânia é um país industrializado:


  • 1° na Europa em produção de amônia;

  • 2° na Europa e o 4° maior do mundo nos sistemas de gasoduto de gás natural (142,5 bilhões de metros cúbicos de capacidade de produção de gás na UE);

  • 3° maior da Europa e 8° maior do mundo em capacidade instalada de usinas nucleares;

  • 3° lugar na Europa e 11° no mundo em extensão de rede ferroviária (21.700 km);

  • 3° lugar no mundo (depois dos EUA e França) na produção de localizadores e equipamentos de localização;

  • 3° maior exportador de ferro do mundo;

  • 4° maior explorador de turbinas para usinas nucleares do mundo;

  • 4° maior fabricante mundial de lançadores de foguetes;

  • 4° lugar no mundo em exportação de argila;

  • 4° lugar no mundo em exportação de titânio;

  • 8° lugar no mundo em exportações de minérios e concentrados;

  • 9° lugar no mundo em exportações de produtos da indústria de defesa;

  • 10° maior produtor de aço do mundo (32.4 milhões de toneladas).


Fonte: Ukrainian Congress Committee of America Ukrainian World Congress



5. Salário Mensal Médio em 2021


O mercado de trabalho na Ucrânia tem evoluído gradualmente. Tendo passado primeiro de um estado agrícola para um estado industrial durante o período em que o país fazia paret da União Soviética, a Ucrânia iniciou o caminho de uma economia orientada para os serviços após o colapso da URSS, à media que o mercado de trabalho nacional se tornava cada vez mais orientado para indústrias como turismo, entretenimento e lazer. Hoje, mais da metade da força de trabalho nacional está envolvida no setor de serviços. Embora a força de trabalho ucraniana seja caracterizada como altamente qualificada e especializada, o nível de remuneração da mão-de-obra é muito mais baixo do que nos países desenvolvidos.



Fonte: Loc.gov



6. A força de trabalho da Ucrânia


A instabilidade política e econômica contínua levou a um rápido aumento da migração de mão-de-obra, na qual trabalhadores qualificados e não qualificados deixam o país para encontrar fontes de renda mais confiáveis. Os países para onde a maioria dos ucranianos emigram ou trabalham por períodos mais curtos ou mais longos incluem a Rússia, a Europa Ocidental, o Canadá e os Estados Unidos. Estima-se que entre 7 e 9 milhões de ucranianos já estejam trabalhando no exterior.



Fonte: ObserwatorFinansowy



7. Por que a Ucrânia ainda é uma economia em desenvolvimento?




8. Educação na Ucrânia


A Ucrânia oferece um sistema educacional competitivo para os alunos, proporcionando-lhes todas as comodidades necessárias para o desenvolvimento integral dos alunos. Os cursos oferecidos pelas faculdades e universidades na Ucrânia são bem reconhecidos em todo o mundo.




9. Visão geral dos principais startups apoiadas por empreendimentos na Ucrânia


Apesar dos numerosos problemas na economia, a indústria do empreendedorismo inovador se desenvolve de forma dinâmica na Ucrânia. Nos últimos anos, vários unicórnios surgiram no país, e alguns projetos estão prestes a se tornarem unicórnios. Desde 2015, o mercado ucraniano de tecnologia da informação cresceu duas vezes, e o que é importante, o ritmo de crescimento não está diminuindo. Alguns dos startups ucranianos são ferramentas utilizadas por milhões de pessoas em todo o mundo todos os dias, como o Grammarly.



Fonte: Dealroom, Startupjedi



10. O crescimento econômico da ucrânia em 2019


Contra o pano de fundo da ofensiva russa em curso contra a Ucrânia, que significa a perda de um terço do potencial industrial do país e e a necessidade de investir na capacidade de defesa do país, a Ucrânia mostrou resultados econômicos brilhantes em 2019.



Fonte: UkraineWorld



11. Exportações ucranianas


A Ucrânia é um dos principais exportadores em diversas áreas: motores a jato, foguetes e satélites são todos produzidos e exportados de fábricas ucranianas, enquanto o imenso setor agrícola do país fornece enormes quantidades de alimentos para a Europa e o Oriente Médio.



Fonte: Kyivpost



12. Exportações de produtos agrícolas da Ucrânia


Em 2020, a Ucrânia foi admitida em 12 novos mercados de exportação, 35 certificados de exportação foram acordados e duas auditorias da UE sobre Sistema de Avaliação do Controle do Estado para Peixes e Produtos da Pesca, Aves e Produtos de Aves foram aprovados.



Fonte: Latifundist



13. Apoio da UE às reformas na Ucrânia


Há mais de 20 anos que a UE apoia a Ucrânia na sua agenda de reformas. O combate à corrupção, que constitui um grande obstáculo ao desenvolvimento de um país e contraria os valores da UE, é parte integrante disso. A grande corrupção e a tomada do Estado são endêmicas na Ucrânia; além de dificultar a concorrência e o crescimento, também prejudicam o processo democrático. Dezenas de bilhões de euros são perdidos anualmente como resultado da corrupção. A Comissão Europeia, o Serviço Europeu para a Ação Externa (SEAE) e a missão consultiva da UE tentaram resolver este problema e apoiaram várias reformas para reforçar o Estado de direito e combater a corrupção na Ucrânia.



Fonte: Europe.eu



14. A atitude dos ucranianos em relação à adesão à União Europeia


Mais da metade dos ucranianos veem o futuro da Ucrânia na UE, apenas 13% com a Rússia, de acordo com uma pesquisa de 2019. O maior apoio pró-UE está no oeste da Ucrânia (71%), seguido pelas províncias centrais (60%). Enquanto isso, os oblasts do sul e do leste apoiam a adesão da Ucrânia à UE em 32% e 34%, respectivamente. A segunda opinião mais popular no sudeste é a não adesão tanto á0 UE e quanto à União Eurasiática da Rússia (sul:21%, leste: 30%). Os defensores da integração com a Rússia ficaram em terceiro lugar, com 24% no sul e 27% no leste.



Fonte: Euromaidanpress



15. Densidade populacional na Ucrânia


A Ucrânia ocupa o 35° lugar na lista de países (e dependências) por população. A densidade populacional na Ucrânia é de 75 habitantes por Km2. A idade média na Ucrânia é de 41,2 anos.



Fonte: @MykolaKozyr



16. Pirâmide etária animada desde 1989


Em 1° de janeiro de 2022, a população total da Ucrânia foi estimada em 41.167.336 pessoas, excluindo a República Autônoma da Crimeia e Sebastopol, que foram anexadas pela Rússia em 2014. Se esses dois territórios forem incluídos na demografia da Ucrânia, a população aumenta em aproximadamente 2,25 milhões, para 43,4 milhões de pessoas.




17. Questões ambientais na Ucrânia


A Ucrânia está atualmente seguindo as tendências mundiais de contar com o carvão, gás e petróleo como os principais recursos energéticos. No entanto, estão previstas medidas que visam redesenhar a economia nacional de forma suficiente e ecologicamente correta.



Fonte: UkraineWorld



18. Uma breve história da Ucrânia




19. A história da bandeira ucraniana



Fonte: Euromaidanpress



20. Rede ferroviária da Ucrânia



Fonte: Geoawesomeness



21. Oligarquias ucranianas


Não há consenso sobre as razões exatas pelas quais o sucesso tem escapado à Ucrânia nas últimas três décadas. No entanto, poucos argumentariam que os principais obstáculos foram o papel prejudicial desempenhado pela Rússia e a influência excessiva dos oligarcas da Ucrânia sobre todos os aspectos da vida nacional. Os oligarcas da Ucrânia podem ficar atrás de seus colegas russos em termos de dinheiro, mas são muito mais politicamente ativos e têm um enorme controle sobre a mídia.



Fonte: Kharkiv Human Rights Protection Group



22. Todos os presidentes ucranianos


Nos últimos 30 anos, a Ucrânia foi liderada por sete presidentes. O país teve um caminho difícil rumo à democracia com duas revoluções, primeiro em 2005 e depois em 2014. Nas duas vezes, os manifestantes rejeitaram a supremacia da Rússia e buscaram um caminho para se juntar à União Europeia e à OTAN.



Fonte: Aljazeera



23. Fontes de energia da Ucrânia


A Ucrânia depende da energia nuclear e do carvão para a maior parte de sua geração de energia. A indústria nuclear depende de combustível estrangeiro para seus reatores nucleares. Mais de 50% do combustível enriquecido é importando da Rússia, enquanto o restante é proveniente dos EUA. Além disso, no primeiro semestre de 2019, as importações de carvão aumentaram 50%, enquanto as importações da Rússia e dos EUA ficaram em 64% e 28%, respectivamente. A partir de 2018, o carvão (térmico) dominou a matriz energética ucraniana, com uma participação de 40,2% da capacidade total instalada, seguido pela energia nuclear com 25,8%. Gás, energia hidrelétrica e solar fotovoltaica representaram 17,1%, 12,2% e 2,7% respectivamente.



Fonte: Power-Technology



24. Segurança do fluxo de petróleo, gás e commodities


A ofensiva russa à Ucrânia já teve um grande impacto nos preços das principais commodities, desde petróleo e gás até aço e grãos. A Europa depende fortemente do gás e do petróleo bruto dos Urais através do oleoduto Druzhba para refinarias em toda a região. A Ucrânia também é considerada o celeiro da Europa e um importante fornecedor de trigo, entre outras commodities importantes enviadas por seus portos. A SOP Global Platts Analytics disse que sua previsão de demanda de base continua assumiu um crescimento de 4,1 milhões de b/d em 2022. No entanto, sob um cenário de incursão limitada na Ucrânia, o crescimento da demanda global pode diminuir em 0,7 milhões de b/d.



Fonte: SP Global



25. Por que Putin quer a Crimeia?


Ao anexar terras ucranianas na costa do Mar Negro, Putin também anexa os direitos sobre quaisquer hidrocarbonetos encontrados em suas zonas marítimas. Há sinais de que o Mar Negro contém uma grande riqueza. Empresas de energia como a ExxonMobil, Chevron, Shell, Repsol e Petrochina começaram a mostrar interesse real em trabalhar com Kiev para explorar a área. As empresas de energia já encontraram depósitos interessantes na zona russa do Mar Negro, perto de Novorossiysk, e em zonas romenas. A Trans Euro Energy até encontrou reservas de gás comercialmente viáveis sob o continente da Crimeia.



Fonte: EU Observer



26. Exércitos ucranianos e russos em números


Em 2020, a Rússia gastou US$ 61,7 bilhões em suas forças armadas, o que representou 11,4% dos gastos do governo. Em comparação, a Ucrânia gastou US$ 5,9 bilhões em suas forças armadas ou 8,8% dos gastos do governo, segundo o Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI, em inglês).



Fonte: Aljazeera



27. A explicação por que a Rússia está invadindo a Ucrânia


#curiosidadescartograficas





Fonte: https://geoawesomeness.com/top-27-maps-charts-and-videos-that-explain-ukraine-and-the-russian-aggression/


Publicado na página Curiosidades Cartográficas do Facebook em: https://www.facebook.com/curiosidadescartograficas/posts/1776276942565832


84 visualizações0 comentário