top of page
  • emvolpi9

O mito cartográfico do 'Aqui existem Dragões'

Por Caitlin Dempsey



O que se encontra no limite do mundo conhecido?


Durante a época romana e se estendendo até a época medieval, os cartógrafos usavam a inscrição HIC SVNT LEONES para marcar áreas de territórios inexplorados nos mapas (a frase latina significa “aqui existem Leões”).


Terras distantes e inexploradas nas bordas dos mapas eram marcadas pelos cartógrafos medievais com desenhos de monstros lendários, como dragões, serpentes marinhas e outros animais fictícios de aparência ameaçadora. A inclusão de bestas perigosas e criaturas marinhas míticas nesses mapas invocou o mal que os marinheiros temiam encontrar ao entrarem em águas até então desconhecidas e inexploradas.


Terra Incognita


A notação menos dramática foi a frase latina “Terra incógnita” ou “terra ignota” que significa ‘terra desconhecida’. O primeiro uso documentado de ‘Terra Incognita’ foi em 150 com a ‘Geographia’ de Ptolomeu.


O atlas de Ptolomeu alertou sobre (as então) criaturas míticas e perigosas, como elefantes, hipopótamos e canibais em áreas desconhecidas. A frase desapareceu no século 19, quando a cartografia global completou sua documentação dos litorais e da maioria dos continentes.


Embora a frase sobre dragões tenha se tornado uma forma popular de se referir a tais mapas, nenhum mapa em inglês já portou essa frase, e apenas um mapa foi documentado com a frase em latim.


As origens da frase “Aqui existem dragões” são para se referir popularmente aos limites desconhecidos do mapa cujas extensões são desconhecidas.


O único mapa conhecido com o "Aqui existem Dragões"


O ‘Hunt-Lenox Globe‘ de cerca de 1510 traz a frase “HC SVNT DRACONES” (aqui existem dragões) perto da costa da Ásia oriental. Agora alojado na Divisão de Livros Raros da Biblioteca Pública de Nova York (NYPL, em inglês), o ‘Hunt Lenox Globe’ é um pequeno globo com cerca de 5” (quase 13 cm) de diâmetro.


De acordo com o site do NYPL, o globo é uma gravura em cobre de um criador desconhecido e e a primeira gravura sobrevivente do período logo após a descoberta do Novo Mundo.


The Hunt-Lenox Globe is the only documented example of the phrase “Here be dragons” (red arrow) on a map.
O ‘Hunt-Lenox Globe’ é o único exemplo documentado da frase “Aqui existem dragões” (seta vermelha) em um mapa

O outro único mapa conhecido que mostra a frase latina para “Aqui existem dragões” é o protótipo criado para o 'Hunt-Lenox Globe' por volta de 1504.


Feito das metades da porção infeirior de dois ovos de avestruz unidos, o "Ostrich Egg Globe" é o primeiro globo conhecido a mostrar o Novo Mundo. Os ovos unidos estão gravados com o texto em latim e mostram a América do Norte como duas ilhas.


Acima da costa do sudeste asiático está a inscrição "Hic Sunt Dracones"


Mapas com dragões neles


Aqui estão listados alguns exemplos de mapas que contém dragões, ciraturas marinhas e outras criaturas míticas. Erin Blake da lista de discussão Map Hist compilou uma lista de mapas com criaturas a partir de uma discussão sobre as origens do "Aqui existem dragões" em 1999.

Primeira representação conhecida de um Dragão em um mapa


Descoberto em um convento alemão em Ebstorf, este Mappa Mundi T-O foi criado por Gervase de Ebstorf por volta de 1232. O mapa mostra dragões na parte sudeste da África.


O mapa de Ebstorfer é a primeira representação conhecida de um dragão em um mapa.


Mapa-múndi de Ebstorfer, 1232
Mapa-múndi de Ebstorfer, 1232

Um olhar detalhado na região da África do mapa de Ebstorfer mostra dragões, víboras, baliscos, junto com outros animais exóticos para a parte remota do sul da África.


Mapa-múndi de Ebstorfer, 1232
Mapa-múndi de Ebstorfer, 1232

Primeiro mapa com detalhes sobre a Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia


Por doze anos, o cartógrafo sueco Olaus Magnus trabalhou meticulosamente em seu mapa altamente detalhado, a ‘Carta Marina’ (título completo em latim: Carta marina et descriptio septemtrionalium terrarum ac mirabilium rerum in eis contentarum diligentissime eleborata anno dni 1539 que se traduz como ‘Um mapa marinho e descrição dos países do norte e sua características marcantes, meticulosamente feitas no ano de 1539’).


O mapa, impresso pela primeira vez em Veneza em 1539, é o mapa mais antigo com características detalhadas e nomes de lugares dos países setentrionais da Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia, e mostra criaturas marinhas itinerantes.


Carta Marina, de Olaus Magnus, 1539
Carta Marina, de Olaus Magnus, 1539

Jishin-no-bem

O mapa japonês do século 19, Jishin-no-bem, mostra um dragão circundando o mapa como um ouroboros. Este mapa mostra a besta não como uma indicação de terras desconhecidas, mas como uma sugestão para a causa dos terremotos.


O mapa foi criado em 1855 e mostra as áreas devastadas por dois terremotos e um maremoto em 1854 e 1855. As marcações amarelas indicam as áreas danificadas pelo terremoto em Kaei 7 (4 de novembro de 1854), o azul mostra as costas inundadas pelo maremoto daquele ano, e o vermelho as áreas devastadas pelo terremoto de Ansei 2 (2 de outubro de 1855).

Jishin-no-ben, 1855
Jishin-no-ben, 1855

A frase “Aqui existem dragões” agora está relegada aos mapas de fantasia, populares em jogos de RPG.


O termo também foi adotado por programadores para comentar sobre códigos que são ininteligíveis, mas ainda funcionam. A frase tem o objetivo de servir como um aviso para outros programadores não mexerem no código por medo de quebrá-lo.



Referências


Kim, M. (2013, August 19). Oldest globe to depict the New World may have been discovered. The Washington Post. https://www.washingtonpost.com/national/health-science/oldest-globe-to-depict-the-new-world-may-have-been-discovered/2013/08/19/503b2b4a-06b4-11e3-a07f-49ddc7417125_story.html


Van Duzer, C. (2014). Bring on the Monsters and Marvels: Non-Ptolemaic Legends on Manuscript Maps of Ptolemy’s Geography. Viator, 45(2), 303-334. doi:10.1484/J.VIATOR.1.103923

#curiosidadescartograficas








Fonte: https://www.gislounge.com/here-be-dragons/


Publicado na Página Curiosidades Cartográficas do Facebook em:

https://www.facebook.com/curiosidadescartograficas/posts/pfbid02pjCmAKu3GKkh6r7LgDcrWLwWC24yDnjxs22SQDVQjMQWBkiQx9juGnc8T2VU3x41l

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page