top of page
  • Foto do escritoremvolpi9

Ilha dos faisões

A fronteira entre a França e a Espanha


Esta pequena ilha fluvial muda de soberania a cada seis meses como parte de um raro e centenário acordo



SITUADA DENTRO DA FRONTEIRA entre a França e a Espanha, há uma ilha de aproximadamente 8.000 m2 sem nenhum sinal da interferência humana, exceto por um monumento branco inserido no meio dela. Pode não parecer nada de especial, mas esse pequeno pedaço de terra é na verdade o lar de séculos de história – e uma das irregularidades de fronteiras mais singulares do mundo.


A Ilha dos Faisões, situada no centro do rio Bidasoa, é conhecida como um “condomínio”, um território pertencente a duas nações distintas ao mesmo tempo. A cada seis meses, representantes da França e da Espanha se reúnem na Ilha dos Faisões para trocarem documentos oficiais, entregando a soberania da ilha de um país para o outro.


Não somente a Ilha dos Faisões é o condomínio mais duradouro do mundo, mas também é o único a alterar a soberania entre os dois países ao longo do ano, em oposição a condomínios como a Antártica, onde os países compartilham a soberania sobre a terra simultaneamente. Embora a ilha fluvial esteja a apenas algumas dezenas de metros da costa de cada país, os visitantes são proibidos por lá.


Esse estranho enigma de soberania semestral é resultado ee mais de 400 anos de história. Quando a Guerra dos Trinta Anos terminou oficialmente em 1648, a violência e a interferência política entre a França e a Espanha continuou até 1659, quando o Tratado dos Pirineus foi assinado. Com a necessidade de um local neutro e simbólico para assinar o tratado, a França e a Espanha escolheram a Ilha dos Faisões, convenientemente localizada diretamente entre os territórios dos dois países. Os funcionários de ambos os países alteraram o Tratado dos Pirineus para garantir que a ilha fosse trocada de país para país a cada seis meses, simbolizando a paz e a igualdade.


A partir desse dia, a pequena ilha se tornou o ponto comum neutro final entre os dois países, servindo como um ponto de encontro frequente entre os reis franceses e suas noivas espanholas (e vice-versa). Desde 1659, a Ilha dos Faisões foi repassada entre a França e a Espanha mais de 700 vezes. E até hoje continua sendo um símbolo poderoso, embora bizarro, de paz e neutralidade.







29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page