Digitalização do mapa do mundo desenhado há mais de 430 anos

A Obra de Urbano Monte inclui ilustrações de criaturas fantásticas



Um dos primeiros mapas do mundo feito inteiramente à mão no ano de 1587 foi digitalizado na Universidade de Stanford para que os interessados pudessem explorar os quatro cantos do mundo como eram vistos no século 16, incluindo as fantásticas ilustrações da época, como sereias, demônios, unicórnios e dragões.


O mapa, reconhecido como o maior do mundo no gênero, foi elaborado pelo cartógrafo Urbano Monte e é composto por 60 folhas que juntas medem cerca de três metros de diâmetro quando montadas em uma superfície esférica.


O projeto foi inteiramente feito a mão sob a visão de Urbano Monte. Foto: Coleção de mapas David Rumsey

A obra foi desenhada em Milão, na Itália, e coloca o polo norte no centro para conseguir a representação mais precisa de um mundo esférico, embora o polo sul esteja distorcido, embora na época isso fosse irrelevante por esta ser uma área inexplorada.


O mapa foi adicionado à Coleção de Mapas de David Rumsey na Universidade de Stanford, onde o mapa-múndi é reconhecido como a combinação de ciência, arte e história em um único documento.


Este mapa é considerado o maior mapa do mundo feito no século XVI. Foto: Coleção de mapas David Rumsey

Dentre os detalhes marcantes destaca-se os desenhos de criaturas fantásticas que o cartógrafo imaginou que poderiam existir em áreas desconhecidas. Assim, em um ou outro ponto do mapa você pode ver, entre outras coisas, pássaros gigantes devorando elefantes, centauros e sereias disformes.


Além disso, destaca-se o grau de detalhamento que existe em cada canto do mundo, pois mostra não só o território, mas também o clima, os costumes, a duração do dia e as distâncias entre as regiões, o que permite classificá-lo como um planisfério científico universal.


Na época, era comum os cartógrafos desenharem criaturas fantásticas em áreas inexploradas. Foto: Coleção de mapas David Rumsey

Antes da digitalização só era possível apreciar o desenho nas 60 folhas individualmente, mas com a junção dos desenhos pode-se concluir que se trata do maior mapa do século XVI.


Os especialistas em cartografia continuam a estudar o enorme mapa para descobrir as fontes de trabalho do cartógrafo e a origem dessa visão do mundo.


Pela primeira vez, o planisfério pode ser visto em toda sua extensão e o Google Earth montou uma versão navegável. Foto: Coleção de mapas David Rumsey

O mapa pode ser consultado na página de David Rumsey, onde também existe uma versão navegável na plataforma Google Earth.

#curiosidadescartograficas




Fonte: https://www.lajornadamaya.mx/internacional/169885/digitalizan-mapa-del-mundo-disenado-hace-mas-de-430-anos


Publicado na página Curiosidades Cartográficas do Facebook em: https://www.facebook.com/curiosidadescartograficas/posts/1703320123194848

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo